Eu gosto de manter um mistério obscuro. Dizer meias palavras e deixar subentendido. Acho magnífico o desempenho que eu tenho de ser sarcástica e mesclar lágrimas com sorriso. Me expor totalmente? Não, muito obrigada. Eu guardo muito sobre mim, apenas para mim. E alguns nunca vão descobrir o quanto eu posso ser boa, ou má. Portanto não se esforce para me entender, pois seria em vão. Às vezes, nem eu me entendo.




"Tornar-se um ser humano mais lúcido com as letras é bem menos doloroso do que com uma interminável revisão dos seus próprios erros."


Facebook - Orkut



Theme desenvolvido por Beatriz Favato